Salmos 127.1

INTRODUÇÃO
Uma casa completa não é aquela que tem todos os móveis e utensílios, e sim a que está no centro da vontade de Deus, pois a Sua vontade é boa, perfeita e agradável (Rm. 12.2b).
Precisamos compreender como Deus vê a nossa casa e como podemos edificá-la na Sua Presença.
Utilizando a figura de uma casa física como referência Bíblica, podemos demonstrar como deve ser a nossa casa espiritual de acordo com a vontade de Deus.

1- BASE: A ROCHA (Ef 2.20-22)
A base sobre a qual devemos edificar a nossa casa para que ela seja forte, é a Rocha que se chama Cristo. (Mt 7.24-27).

2- PAREDES: PROTEÇÃO (Ne 4.14)
As paredes são a proteção de uma casa, ou seja, a tarefa de cada um na família. No tempo de Neemias o povo edificou um muro ao redor da cidade, protegendo, assim, as suas casas, cercando a cidade. E cada família edificou um muro perto da sua casa.

3- TETO: PRESENÇA DO SENHOR (Sl 91.1)
A Presença do Senhor deve ser a cobertura da família. É um contato aberto com a glória de Deus.

4- ÁGUA: FÉ (Jo 7.38)
Como não pode haver falta de água numa casa, também não pode faltar a fé que está no coração daquele que crê e faz fluir a Presença de Deus no lar.

5- LUZ: A BÍBLIA (Sl 119.105)
A Bíblia deve ter lugar de destaque na nossa casa, não como ornamento, mas para ser lida e estudada por todos da família, pois ela representa a voz de Deus (Jo 5.39).

CONCLUSÃO
A casa vista por Deus é assim: não importa se é grande ou pequena, todavia deve estar bem edificada nos alicerces da Palavra, firme na Rocha, sob a proteção e a presença do Senhor, onde flui o rio do Espírito e a luz dos Seus ensinamentos.

Sugestão de Louvor: Faz um milagre em mim – Regis Danese

Fonte: www.mir.12.com.br
Adaptação: Ministério CEO – www.ministerioceo.com.br
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Maio de 2014