Texto Base: Lucas 2.8-14

INTRODUÇÃO
Neste mês de dezembro, queremos dar uma forte ênfase no significado bíblico do Natal. Por isso, nas próximas três lições, estudaremos e aplicaremos o tema “Natal” em todas as nossas Células. No meio de tanta correria de final de ano, de tantas compras, viagens e formaturas, muitos se esquecem do que significa o Natal e qual é o propósito desta festa. Vamos estudar o que a Bíblia diz sobre esta festa e, fazendo isto, acreditamos que este será um tempo muito especial para conhecermos mais sobre o imenso amor de Deus por todos nós.

O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO NATAL
O fato é que o nascimento de Jesus Cristo é o mais significativo evento em toda a história da humanidade. Ele divide a história entre antes e depois de Cristo (a.C e d.C). Cada vez que preenchemos um cheque, celebramos um aniversário ou em qualquer ocasião em que utilizamos uma data, estamos usando o nascimento de Jesus Cristo com a referência mundial para a medida do tempo. (Lc 2.8-14).
O anjo disse: “Estou lhes trazendo boas novas de grande alegria, que são para todo o povo”. Ele fala de uma grande alegria para todo o mundo.
Basicamente, o que o anjo diz é que o Natal é uma festa. E o que celebramos? No anúncio daquele anjo, encontramos três razões para celebrar:
• Primeira razão: Porque Deus está dizendo que nos ama.
“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito para que todo o que nele crer não
pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16)
O que Deus está dizendo pra você e pra mim no Natal é: “Eu te amo. Não é apenas o mundo que Eu amo, é você que Eu amo”. A Bíblia diz que Deus é amor (1 Jo 4.16). Ou seja, amor é a Sua natureza, é o Seu caráter. Logo, o amor de Deus não está baseado no que você faz. Seu amor é baseado no que Ele é. Ele te ama no seu dia bom, mas Ele te ama também no seu pior dia. Ele te ama quando você acha que merece ser amado, mas Ele também te ama quando você tem certeza que não merece ser amado por Ele ou por ninguém. (Rm 8.35-39).
Esta é uma grande notícia: nada pode nos separar do amor de Deus. E isso nos leva à segunda razão pela qual o Natal é um tempo de celebração:
• Segunda razão: Porque no Natal Deus está dizendo que Ele está conosco. Ele não está ausente, não está distante, mas está com você e está comigo. A Bíblia assim nos diz: “Para onde poderia eu escapar do teu Espírito? Para onde poderia fugir da tua presença? Se eu subir aos céus, lá estás; se eu fizer a minha cama na sepultura também lá estás. Se eu subir com as asas da alvorada e morar na extremidade do mar, mesmo ali a tua mão direita me guiará e me susterá.“ (Sl 139.7-10).
Você pode até não sentir que Ele está perto, mas a presença dEle não tem nada a ver com sentimentos. Ele está perto sempre e não sentir Sua presença pode apenas revelar que você não está ligado ou conectado à presença dEle. No anúncio do Natal, a Bíblia também afirma que um dos nomes de Jesus é Emanuel, que significa “Deus conosco” (Mt 1.23).
Mas não é só porque Deus nos ama e porque está conosco que devemos celebrar o Natal. Mas há uma terceira razão:
• Terceira razão: Porque no Natal Deus está dizendo que Ele é por nós. Ou seja, Ele não está contra nós, Ele não está só esperando para nos pegar e tornar a nossa vida um castigo miserável. Não! Ele está do nosso lado e não contra nós. Ele deseja nos dar uma vida de propósito e significado. Deus é por nós, e esta é a grande notícia do Natal. “Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que esse fosse salvo por meio dele.” (Jo 3.17)
Muitas pessoas têm medo de Deus, ficam nervosos quando alguém começa a falar de Deus, porque tem medo dEle. Sabe por quê? Por causa da culpa. É a culpa que nos separa de Deus. Mas a Bíblia diz claramente que Jesus não veio para condenar o mundo, mas para salvá-lo. E esta é a boa notícia do Natal: Deus não apenas nos ama, mas Ele está conosco e está a nosso favor. Não precisamos ter medo de Deus. É por isso que a primeira palavra que o anjo disse aos pastores naquela noite foi: “não tenham medo”. E a Bíblia ainda acrescenta: “Que diremos, pois, diante destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?“ (Rm 8.31)
O Deus que criou o universo, que colocou cada estrela em seu lugar e que fixou a Terra em seu eixo rotatório perfeito diz: “Eu amo você, Eu estou com você, e Eu sou por você”. Não importa quem você seja, de onde você tenha vindo ou o que você tem feito com sua vida, as Boas Novas de grande alegria são para você e são para todos os homens. E isso merece uma grande celebração. Por isso, o Natal é mesmo um tempo de celebração.

Perguntas para discussão em grupo
1) Qual das seguintes afirmações é a mais significativa para você neste momento de sua vida e por quê? Deus ama você. Deus está com você. Deus é por você.
2) Se você realmente acredita que Deus é por você e não contra você, qual é um pensamento, atitude ou comportamento que você precisa mudar?
3) Agora que você sabe como Deus te ama, como isto vai afetar a maneira como você celebra o Natal?

CONCLUSÃO
O Natal é um tempo de celebração. Então, temos uma sugestão: façam uma festa de Natal na sua Célula. Convidem algum parente ou amigo muito chegado para vir à festinha de Natal da Célula. Faça uma celebração diante de Deus, compartilhando com todos porque o Natal é um tempo de festa.
Também sugerimos que cada um se prepare com estes estudos sobre o Natal para tomar coragem e pedir para dar uma palavra na noite de Natal com sua família. Compartilhe um resumo destes estudos e traga para dentro do seu lar o verdadeiro propósito do Natal.
Orem juntos agradecendo a Deus por seu amor e por ter nos dado o presente mais valioso, a vida de Seu filho Jesus Cristo.

Autor: Pr. Eduardo Garcia – CEO / Caxambu – MG – www.ministerioceo.com.br
Fonte de Pesquisa: Estudos IBC-Família
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Dezembro de 2017