Texto Base: Salmos 126.6

INTRODUÇÃO
O começo de um novo ano é um tempo propício para estabelecermos metas, elegermos prioridades e visualizarmos uma grande colheita em todas as áreas da nossa vida. Entre outras coisas, precisamos colocar como propósito destacado ganhar e consolidar novas vidas para o Senhor. Não podemos admitir passar este ano sem frutos. Afinal, fomos nomeados por Jesus para isso. Ele disse: “Não fostes vós que escolhestes a mim, mas eu vos escolhi a vós e vos designei para que vades, e deis fruto, e o vosso fruto permaneça.” (Jo 15.16). Vamos considerar hoje alguns fatores importantes para que isto aconteça:

1) É NECESSÁRIO PREPARAR A TERRA – Pv 12.11 – Muitas vezes pensamos que nosso trabalho é só lançar a semente, pregar o evangelho. Entretanto, se a terra não estiver preparada, a semente pode não vingar. Precisamos amolecer o coração das pessoas com nosso testemunho fiel, com nosso serviço, simpatia e demonstração de amor. Também fazemos isso ministrando as suas necessidades pela oração. Assim, quando pregarmos, a semente terá mais facilidade de ser aceita.
2) É NECESSÁRIO SEMEAR ABUNDANTEMENTE – Ec 11.6 – Este texto é claro em dizer que não sabemos qual semente prosperará e, por isso, precisamos semear abundantemente. Isso fala de pregar para muita gente a fim de colher alguns, assim como fala de pregar muitas vezes a uma mesma pessoa, insistir, lançar várias sementes, porque não sabemos qual prosperará.
3) É NECESSÁRIO LANÇAR A SEMENTE APROPRIADA – Is 28.24-29 – Há uma semente apropriada para cada tipo de solo, assim como há uma linguagem eficaz para cada tipo de pessoa. O evangelho é o mesmo, mas a abordagem muda. Para ganhar jovens não devemos usar a mesma linguagem e estratégia que usamos para adultos. A pregação para alguém que está sofrendo é diferente daquela que levamos a alguém que não está com problemas. Devemos anunciar o evangelho de uma maneira que a pessoa o entenda e se sinta atraída por ele.
4) É NECESSÁRIO BUSCAR A DEUS E DEPENDER DELE PARA QUE A SEMENTE PROSPERE – Is 30.23 – Sabemos que a responsabilidade de semear é nossa, mas isso não é suficiente. Temos que orar e depender de Deus para que a nossa semente prospere. Antes e depois de anunciar o Evangelho a alguém, precisamos pedir que Deus faça chover sobre aquela semente para que ela brote.
5) É NECESSÁRIO MANTER A SEMEADURA SOB VIGILÂNCIA – Mt 13.1-8 – Depois que lançamos a semente na vida de alguém, devemos cercar esta pessoa com o amor de Deus para que Satanás não roube a semente e nem lance sementes malignas que a venham sufocar. Fazemos isso através da oração, do jejum e especialmente da amizade, permanecendo perto da pessoa para consolidá-la e fortalecer sua fé.

CONCLUSÃO
Se houver visitante na célula, faça o seguinte apelo: “Como você viu, o Evangelho é uma semente de salvação e transformação que devemos lançar na vida das pessoas. Aquele que tem o coração como boa terra, receberá esta semente. Você é um destes? Quer assumir Jesus como seu Senhor e Salvador”?
Antes de encerrar, estimule os membros da célula a fazerem uma lista de pessoas que eles pretendem ganhar neste ano para Cristo e use um tempo final de oração pela conversão dessas vidas.

Autor: Pr. Eduardo Garcia – CEO / Caxambu – MG – www.ministerioceo.com.br
Fonte de Pesquisa: Estudos IBC-Família
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Dezembro de 2017