Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Caminhando Sobre as Águas

Texto base: Mateus 14.22-23

INTRODUÇÃO
Depois de passar dias pregando o evangelho, fazendo milagres, atendendo e alimentando milhares de pessoas, Jesus manda seus discípulos entrarem em um barco e atravessarem o mar da Galileia, enquanto Ele ficava em terra firme para ter alguns momentos a sós com Deus. Então, os doze discípulos atendem o pedido do Senhor e começam a viajar sem Ele. Já no meio do caminho, durante a madrugada, os ventos começam a agitar o mar e eles são tomados pelo medo. Se não fosse o bastante, os discípulos avistam, de longe, algo que lhes parecia ser um fantasma.

DISCUSSÃO
Por conta de sua pequena fé, aquele grupo de homens não conseguiu distinguir a presença de Jesus de uma assombração que parecia caminhar sobre as águas. Vejamos alguns pontos interessantes dessa passagem bíblica e o que podemos aprender com esse episódio:

1) Jesus ordenou seus homens a entrarem no mar sem Ele (v.22,23)
Pode parecer, em primeiro momento, que Jesus havia colocado os seus discípulos numa situação bem difícil. Aqueles homens poderiam pensar; “Jesus sabia que passaríamos por essa tempestade e, mesmo assim, nos abandou”. Só que é claro que o Mestre nunca faria nada de mal com aqueles que Ele mesmo escolheu. Jesus não abandona os Seus filhos em nenhuma situação (Mt 28.20). Ele pagou um preço muito alto por nossas vidas naquela cruz e, por causa desse amor, não nos deixa nunca. Se Ele nos manda enfrentar uma situação complicada, como fez com os discípulos, é para que Sua glória se manifeste em nossas vidas.

2) Jesus andando sobre as águas (v.25,26)
Mesmo depois de presenciarem tantas maravilhas, os doze discípulos pareciam não estar acostumados com o sobrenatural na vida de Jesus. Tanto é verdade que, no meio daquela tempestade, eles pensaram ter visto um fantasma e não conseguiram reconhecer que era Jesus andando sobre as águas. Em Mc 6.52 explica o por que de tanto medo: “Pois não tinham entendido o milagre dos pães. Seus corações estavam endurecidos”.
E nós não somos nem um pouco diferentes dos discípulos! Quantas vezes abrimos mãos do livramento sobrenatural de Jesus e decidimos esperar que as coisas naturais (como um aumento do salário, um emprego melhor, uma ajuda qualquer) nos salvem de alguma situação complicada? Não podemos deixar que nosso coração endurecido cegue os nossos olhos e nos impeça de ver Jesus caminhando sobre as tribulações em nossa direção.

3) Jesus pede para termos bom ânimo em meio às tempestades (v.27)
Ao perceber que seus discípulos estavam apavorados com aquela difícil situação, Jesus poderia ter dito a eles muitas palavras de conforto. No entanto, Ele preferiu usar duas frases bem curtas, mas que fizeram toda a diferença para aqueles homens: “tenham bom ânimo” e “não temas”. Quando conseguimos manter o bom ânimo em uma situação difícil e não ficamos com medo dela, nos tornamos vencedores, pois mostramos ao problema quem é o nosso Deus. Mostramos que os nossos caminhos estão em Suas mãos e que confiamos em Seu cuidado.

4) Jesus quer nos ver andando sobre as águas (v.28-33)
Ao convidar Pedro para andar sobre as águas, Jesus mostrou que é possível vencer a barreira do sobrenatural. Basta que:
. Fixemos os nossos olhos nEle – Se estivermos focados em Jesus, o sobrenatural vai acontecer. Porém, se fizermos como Pedro (que se atentou para o vento que batia em seu rosto), daremos atenção às circunstâncias e começaremos a afundar.
. Tenhamos fé – “Homem de pequena fé, por que duvidaste?”, disse Jesus a Pedro depois de socorrêlo. Muitas vezes duvidamos do poder de Deus, enquanto estamos andando sobre as águas, e acabamos afundando. Se Jesus te chamou para andar sobre um mar de problemas, de dificuldades, encha-se de fé e vá, pois só assim você atravessará esse mar de situações desfavoráveis.

CONCLUSÃO
Por mais violenta e assustadora que uma situação possa parecer, não se esqueça que Jesus está lá, andando sobre as águas, para te socorrer. Então, tenha fé, bom ânimo e não temas, pois o Mestre já decretou a sua vitória.

PARA REFLETIR
. Você se encontra em meio a alguma tempestade? Qual?
. As dificuldades têm feito com que você não consiga reconhecer Jesus andando sobre as águas?
. Você tem bom ânimo e fé suficientes para enfrentar um mar de problemas e ir de encontro com o sobrenatural de Deus?

Autor: Pr. Eduardo Garcia – CEO / Caxambu – MG – www.ministerioceo.com.br
Fonte de Pesquisa: Sermões Pessoais
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Outubro de 2017

[su_note note_color=”#fff369″] Receba nossos estudos em seu e-mail, cadastre-se abaixo:

[wysija_form id=”2″]

 

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Restauração da Unidade da Família

Restauração da Unidade da Família

Texto Base: Lucas 1.17 INTRODUÇÃOO versículo base fala de reconciliação entre pais e filhos rebeldes como a condição para a preparação de um povo dedicado ao Senhor. Deus, o Pai celestial, quer restaurar os relacionamentos familiares e trazer cura para as famílias,...

O Milagre na Família

O Milagre na Família

Texto Base: João 2.1-11 INTRODUÇÃODeus está interessado em agir na família antes mesmo de fazer qualquer milagre de cura, libertação ou qualquer outra intervenção miraculosa. Pois, a família tem prioridade no plano divino. Não foi criada para o fracasso....

A Relação entre Família e Fé

A Relação entre Família e Fé

Texto Base: Efésios 3.14-15 INTRODUÇÃODurante o mês de maio vamos falar sobre família – a primeira instituição criada por Deus, a célula base para a formação da sociedade. Nos versículos do texto base, o Apóstolo Paulo declarou a sua rendição à soberana vontade de...

3 Comentários

  1. Li Mt 14,22 e fiquei bem a refletir com o comentário seus gostei

  2. Amo ler …

  3. Que benção foi pra mim, essa palavra 🙏amo a palavra de Deus ❤️‍🔥

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *