Sobrevivendo ao Seu Deserto - Parte 3 – Ministério CEO

Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Sobrevivendo ao Seu Deserto – Parte 3

Texto Base: Salmos 136.1,16

INTRODUÇÃO
Na reunião passada, vimos as duas primeiras dicas de sobrevivência ao deserto: não entrar em pânico e avaliar a situação. Hoje falaremos da 3ª e 4ª dicas.

PROPÓSITO
Motivar a fé que capacitará a sairmos mais fortes desta crise.

DESENVOLVIMENTO
3– PROCURE ABRIGO
No deserto, o calor extremo causa insolação, o frio e a chuva causam hipotermia. Há ainda a exposição aos animais peçonhentos. Faz-se necessário um bom abrigo para se proteger desses perigos. Todo aquele que se encontra no deserto espiritual, deve buscar a Deus como o abrigo que irá protegê-lo dos perigos (Is 4.5,6; Êx 33.14,15). Exercite a prática de buscar refúgio em Sua presença, todos os dias, através da oração e da adoração. Isso te protegerá contra os riscos dos desertos espirituais (Sl 46.1; 91).
Aplicação Prática: Como está o seu TSD (Tempo a sós com Deus)? Ele proporciona um esconderijo em Deus, não deixe de fazê-lo.
2– ACENDA UM FOGO
O calor do fogo pode secar roupas molhadas e manter o corpo quente em condições de frio. O fogo pode purificar a água. Os especialistas em sobrevivência no deserto dizem que o fogo ainda tem o efeito psicológico de elevar a moral durante uma situação de sobrevivência. O seu calor e luz dão conforto, restauram a confiança e espantam os animais peçonhentos. Nós também precisamos das vantagens do fogo em nossa vida espiritual. O fogo de Deus seca a tristeza, faz evaporar a raiva e emite um brilho que restaura a nossa fé. O fogo divino traz avivamento no deserto. O que é o nosso fogo durante um deserto pessoal? É o culto apaixonado e sacrificial. As provações não são tempos para se permitir que as chamas da devoção se esfriem. Adoração sincera e sacrificial é o que mantém o olhar fixo na beleza e na verdade de Jesus Cristo nos momentos difíceis. Uma devoção ardente aterroriza nossos inimigos e atua como uma defesa contra os perigos do deserto. Acima de tudo, agrada a Deus. Quando aceitamos a Cristo, Deus nos dá o Seu fogo. É nossa responsabilidade mantê-lo acesso (Lv 6.13; Rm 12.1,11; Ef 5.18-20). Se não podemos nos inflamar por Deus no deserto, então não poderemos nos colocar em chamas por Ele em lugar nenhum. Por outro lado, se podemos adorá-Lo na obscuridade do deserto, então Ele poderá nos usar em público.
Aplicação Prática: É tempo de renovar a devoção a Jesus. É tempo de alimentar o fogo do Espírito com louvores e adoração a Deus.

CONCLUSÃO
Lembre-se que o deserto foi para Jesus o lugar onde venceu as tentações de Satanás e ainda se preparou para o seu ministério de pregação e milagres. Assim será com você também. Confie em Deus!

Fonte: Livro: “Sobrevivendo ao Seu Deserto” – Daniel Kolenda
Adaptado por: Pr. Luiz Carlos da Costa – CEO / São Lourenço – MG
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Junho de 2020

[su_note note_color=”#fff369″] Receba nossos estudos em seu e-mail, cadastre-se abaixo:

[wysija_form id=”2″]

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Deus diante das Enfermidades

Deus diante das Enfermidades

Texto Base: Êxodo 15.26 (NTLH) INTRODUÇÃOA doença é uma consequência da desobediência de Adão no Jardim do Éden, e impõe sofrimento para a humanidade. É importante destacar, de antemão, que é prudente procurar os recursos médicos disponíveis, sempre que necessário,...

Vamos Exaltar o Nosso Deus

Vamos Exaltar o Nosso Deus

Texto Base: Êxodo 15.1 (NTLH) INTRODUÇÃOA Bíblia afirma que os céus declaram a glória do Senhor e o firmamento proclama a obra das suas mãos (Sl 19.1-2). Se a natureza, sem palavras, glorifica a Deus, é de se esperar que o homem, coroa da criação divina, o exalte...

Deus governa sobre o caos

Deus governa sobre o caos

Texto Base: Gênesis 45.5 (NTLH) INTRODUÇÃO A injustiça dos irmãos de José foi parte de um processo em sua vida para o cumprimento do propósito divino. Deus usa toda situação para o cumprimento do seu plano. Agora mesmo toda injustiça contra nós pode ser usada para um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *