Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Confraternização: Dinâmica de Gratidão

MATERIAL:

Espaço amplo com cadeiras ou almofadas, balões e canetas que escrevam bem em balões.

COMO ORIENTAR A DINÂMICA DE GRATIDÃO
Gratidão é o segredo. Tanto pelas coisas boas que aconteceram, quanto pelas coisas que no final viraram lições.
1. Leia o texto I Ts 5.18.
2. Disponha os participantes num círculo de pés e leia a história “Polyana e o Jogo do contente”.
3. Após a história, entregue um balão cheio contendo, em seu interior, o versículo Jo 3.16 (em um pequeno papel) e cole no lado exterior do balão um papel escrito: 2019. Explique que cada um deverá compartilhar duas situações que tenham acontecido em 2019: uma muito boa e uma desagradável. Cada um deverá compartilhar essas situações quando estiver com o balão nas mãos. É natural, ao se lembrar de momentos mais difíceis, se emocionar. Neste momento, busque mostrar quais são as lições a serem tiradas dessas situações ou incentive os demais membros a mostrar isso para quem está com o balão em mãos. Essas lições são o motivo de gratidão pelos momentos difíceis.
4. Quando chegar na última pessoa, deverá estourar o balão, simbolizando o encerramento do ano de 2019, e ler o versículo (Jo 3.16). O líder explica que o grande amor de Deus, ao entregar seu único filho para morrer por nós e nos trazer vida eterna, é nosso maior motivo de gratidão!
Termine salientando a importância da gratidão e como ela nos faz encarar a vida de forma positiva, prevenindo estados de ansiedade, tristeza e até mesmo doenças.)
5. Faça então uma oração de gratidão ao Senhor e passe para o momento de confraternização com amigo oculto, comes e bebes, da maneira que acharem melhor.

POLYANA E O JOGO DO CONTENTE
Certa vez uma menina, chamada Polyana, conversava com seu pai e pediu-lhe uma boneca. Ele então sorriu e respondeu, dizendo que ela teria sua boneca. O pai, que era um missionário, enviou uma carta pedindo a boneca. A menina esperou, esperou… E a caixa de doações finalmente chegou! Ela foi correndo até a caixa e a abriu toda feliz. Mas dentro só havia um par de muletas…
A menina começou a chorar desesperada, então seu pai a abraçou e lhe ensinou um jogo: o jogo do contente. Se trata de encontrar, em cada tristeza, ao menos um pouquinho de alegria.
Pollyanna então perguntou ao pai:
– Como posso ficar contente por ter recebido um par de muletas e não a boneca que pedi? O que há de bom nisso?
O pai a olhou com ternura e respondeu:
– Simplesmente pelo fato de não precisar delas!

Fonte: Tempo Precioso Entre Mulheres – Sylvia Barbosa
Adaptado por: Pbª Flávia Lopes Maciel Ribeiro – MCEO
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel

Estudo de Célula de Dezembro de 2019

[su_note note_color=”#fff369″] Receba nossos estudos em seu e-mail, cadastre-se abaixo:

[wysija_form id=”2″]

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Restauração da Unidade da Família

Restauração da Unidade da Família

Texto Base: Lucas 1.17 INTRODUÇÃOO versículo base fala de reconciliação entre pais e filhos rebeldes como a condição para a preparação de um povo dedicado ao Senhor. Deus, o Pai celestial, quer restaurar os relacionamentos familiares e trazer cura para as famílias,...

O Milagre na Família

O Milagre na Família

Texto Base: João 2.1-11 INTRODUÇÃODeus está interessado em agir na família antes mesmo de fazer qualquer milagre de cura, libertação ou qualquer outra intervenção miraculosa. Pois, a família tem prioridade no plano divino. Não foi criada para o fracasso....

A Relação entre Família e Fé

A Relação entre Família e Fé

Texto Base: Efésios 3.14-15 INTRODUÇÃODurante o mês de maio vamos falar sobre família – a primeira instituição criada por Deus, a célula base para a formação da sociedade. Nos versículos do texto base, o Apóstolo Paulo declarou a sua rendição à soberana vontade de...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *