Marcas – Ministério CEO

Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Marcas

 Texto Base: Gálatas 6.16-18 (KJA)

INTRODUÇÃO
É muito comum termos cicatrizes, afinal, quem nunca caiu ou sofreu um acidente? Todos nós tivemos infância e também nossas marcas. Trazemos em nossos corpos marcas de situações que vivemos no passado. As marcas determinam exatamente onde você esteve, com quem você esteve, o que aconteceu e o que você estava fazendo. As marcas nos trazem lembranças boas e ruins.

PROPÓSITO
Visualizar as marcas em nossas vidas como o Ap. Paulo, oportunidades de sermos impactados e transformados pelo poder de Deus.

DESENVOLVIMENTO
No campo da psicologia, marcas são denominadas por traumas – palavra de origem grega que significa “ferida”. Nesse mundo, estamos sujeitos a muitas situações traumáticas: assaltos, acidentes, sequestros, violência sexual, presenciar situações violentas vividas por outras pessoas, situações internas ligadas a impulsos ou sensações intensas como raiva, ódio e desamparo, perda de ente querido, de uma função profissional ou familiar, de uma amizade, da liberdade ou de uma função fisiológica. Chegamos à maturidade marcados pela vida e por tudo que sobreveio a nós. O Ap. Paulo se refere às marcas não como acidentes ou traumas, mas como momentos em que as pessoas foram impactadas pelo poder de Deus (Gl 6.16-18). Paulo se tornou inspiração para todos nós pela sua fé, conduta e estilo de vida. O apóstolo trazia muitas marcas em sua vida. A sua marca principal era a perseverança, prosseguir para o alvo independente do que esteja acontecendo. Vejamos algumas marcas na vida de Paulo (2 Co 11.23).
Não vemos as marcas que Jesus deixa em nós com pesar, mas como aprendizado. Quando olhamos para trás, depois de
sermos marcados por Cristo, o nosso passado não traz mais dores.
Algumas marcas de um verdadeiro Cristão:

1) A MARCA DO AMOR (Jo 3.16; Rm 5.8)
Jesus morreu por nossos pecados porque Ele nos amou. Como essa marca é difícil para nós. Jesus amou todo homem mau, perdido, assassino, bandido, pecador, incrédulo, macumbeiro, feiticeiro, idólatra, etc… Amou e deu a Sua própria vida, Seu sangue, por amor. Ele nos ensina que devemos amar e orar pelos nossos inimigos (Mt 5.43-45).
Temos essa marca de Cristo? Você sente amor pelas pessoas que te perseguem? Tudo o que nós fazemos é por amor ao Senhor? Cantar, ofertar, dizimar, servir, tudo tem que ser por amor a Ele!

2) A MARCA DA HUMILDADE (Mt 18.4)
A humildade é uma característica marcante do cidadão do reino. É uma das marcas que Jesus deixou para que a
seguíssemos. Falando sobre João Batista, Jesus Cristo o descreveu como o maior homem que já viveu (Lc 7.28). Mas ainda assim, ele foi um homem humilde, percebemos isso através de sua humildade ao falar de Cristo: “É necessário que ele cresça e eu diminua” (Jo 3.30).
Paulo cresceu em humildade, percebemos isso através do que ele mesmo disse (1 Co 15.9; Ef 3.8; 1 Tm 1.15-16). Mas
como podemos viver humildemente? Precisamos reconhecer quem nós somos diante de Deus, quem nós somos diante dos outros e quem nós somos diante de nós mesmos. É importante lembrar que a velha natureza jamais se submeterá a essa virtude, pelo contrário, a velha natureza buscará sempre o caminho da soberba e do orgulho.

3) A MARCA DA UNIDADE (Fp 2.1-2)
Jesus orou para que o Seu povo fosse unido (Jo 17.11). Deus deseja que os cristãos andem de modo digno de seu chamado, preservando a unidade da fé no corpo de Cristo que é Sua igreja (Ef 4.1-6). Quando há unidade, todos são beneficiados. Pessoas unidas conseguem fazer muito mais que cada pessoa trabalhando sozinha. Em Jesus somos todos membros do mesmo corpo. Sem o resto do corpo, um dedo ou um dente morre. O mesmo acontece com nossa vida espiritual – precisamos ter comunhão com outros crentes.

Aplicação Prática: buscar ter as marcas do verdadeiro cristão: amor, humildade e unidade.

CONCLUSÃO
As marcas de Cristo em nossas vidas são indispensáveis. Precisamos aprender a amar como Ele amou, ser humilde como Ele era e caminhar em unidade como Ele andou com o Pai.

Fonte: Pra. Luciana Pereira – Comunidade Cristã Shalom
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Abril de 2021

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Deus diante das Enfermidades

Deus diante das Enfermidades

Texto Base: Êxodo 15.26 (NTLH) INTRODUÇÃOA doença é uma consequência da desobediência de Adão no Jardim do Éden, e impõe sofrimento para a humanidade. É importante destacar, de antemão, que é prudente procurar os recursos médicos disponíveis, sempre que necessário,...

Vamos Exaltar o Nosso Deus

Vamos Exaltar o Nosso Deus

Texto Base: Êxodo 15.1 (NTLH) INTRODUÇÃOA Bíblia afirma que os céus declaram a glória do Senhor e o firmamento proclama a obra das suas mãos (Sl 19.1-2). Se a natureza, sem palavras, glorifica a Deus, é de se esperar que o homem, coroa da criação divina, o exalte...

Deus governa sobre o caos

Deus governa sobre o caos

Texto Base: Gênesis 45.5 (NTLH) INTRODUÇÃO A injustiça dos irmãos de José foi parte de um processo em sua vida para o cumprimento do propósito divino. Deus usa toda situação para o cumprimento do seu plano. Agora mesmo toda injustiça contra nós pode ser usada para um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *