Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

O Espírito de Jezabel

Texto Base: I Reis 16.29-33

INTRODUÇÃO
O espírito de Jezabel é uma referência à rainha Jezabel, mulher do rei Acabe. Uma mulher rebelde, manipuladora, que destruiu os profetas do Senhor (I Rs 18.4), conforme narrado no livro de I Reis, na época do profeta Elias.

PROPÓSITO
Conhecer as áreas de nossa vida que Deus quer que rompamos.

DESENVOLVIMENTO
Jezabel é identificada em Ap. 2.20-26 atuando na Igreja. Jezabel não consegue ter amizade nem comunhão com ninguém que ela não possa manipular e dominar no seu relacionamento (I Rs 21.25). Esse espírito pode atuar sobre homem ou mulher, mas as mulheres são mais vulneráveis a ele porque quando manipulam e controlam o fazem sem usar força física. Esse espírito energiza mulheres que são inseguras, vãs, ciumentas e dominadoras, que têm um desejo consumidor para controlar.

O alvo principal desse principado é controlar e usar até a paixão sexual como uma de suas armas. O espírito de Jezabel é encontrado geralmente nas posições de influência e liderança. Procura conquistar a confiança das pessoas para poder influenciá-las. Na Igreja, segundo a irmã Pickett, as pessoas que obedecem a esse espírito possuem uma vontade muito forte, religiosidade e talento.

Apresenta-se prestativa para serviços especiais, mas sua motivação é controlar. Pode ser qualquer líder cuja motivação é aparecer e controlar os outros. Se a pessoa sob a influência desse espírito não pode ser um líder, procura ganhar a confiança dos líderes a tal ponto que eles irão confidenciar suas fraquezas e até pecados que ela usará contra eles para dominá-los.

Quando essa pessoa apresenta-se servil, é só para ganhar um lugar de influência e controle. Odeia os verdadeiros profetas, porque eles condenam o pecado em todas as suas formas e entronizam Jesus como o único Senhor e comandante da Igreja.

1) PROSTITUIÇÃO
Jezabel era uma mulher vaidosa (II Rs 9.30) acostumada a conquistar seus interesses através de sedução. Na bíblia, o termo prostituir tem o significado geral de infidelidade tanto conjugal quanto espiritual. Quando uma pessoa não é fiel a Deus, está se prostituindo, pois “ninguém pode servir a dois senhores” (Mt 6.24).

Jezabel praticava tanto a prostituição sexual como a feitiçaria (II Rs 9.22). Em várias igrejas o espírito de Jezabel entra através de pessoas que não estão com sua vida em santidade. Por isso precisamos tomar cuidado. Torna-se indispensável um padrão moral para quem estiver à frente da igreja.

Isso não é legalismo, mas uma necessidade. Uma pessoa que está em pecado de fornicação ou amasiada não está preparada para ensinar, mas sim precisa ser restaurada. Devemos fazer isso com amor e muita paciência, nunca expondo ninguém em público. Além desta situação, ainda existe a prostituição espiritual. Muitos membros de igrejas são infiéis ao seu pastor e à comunidade onde congrega.

Pessoas assim pulam de galho em galho, procurando onde tem algo que lhe agrada. Cada dia procura uma igreja e um pastor que faça sua vontade. O espírito de Jezabel faz com que líderes falem mal de seu pastor, traindo aquele que abençoa e luta por sua vida.

2) IDOLATRIA
Outra característica do espírito de Jezabel é a idolatria. Jezabel patrocinava o culto a ídolos e tinha um exército de profetas chegando ao número de mais de 850 homens sustentados por ela para cultuar deuses estranhos (I Rs 18.19).

A idolatria é tudo o que toma o lugar de Deus, pois o Senhor não divide sua glória com ninguém (Is 42.8). No mundo gospel atual existe muito estrelismo onde o nome de personalidades mais artísticas do que religiosas se sobrepõem. Nas igrejas locais, o espírito de Jezabel entra com idolatria de cantor, pastor e principalmente a idolatria denominacional. A religiosidade faz com que membros de igrejas sigam mais o que diz sua denominação ou líder do que o que a própria bíblia diz.

A idolatria na igreja engana muito bem aqueles que estão cegos pensando que tudo está perfeito e que seu líder ou denominação não têm defeito. Alguns membros de igreja fazem pior, idolatrando um líder que não é de sua comunidade em detrimento de quem está ali no dia a dia conhecendo os problemas e dificuldades do lugar e das pessoas.

Com isso vêm as comparações e cobranças indevidas. Com o tempo estas pessoas se decepcionam e ficam frustradas, pois sua fé não era somente em Deus e sim em “doutrinas que são ensinamentos de homens” (Mt 15.9).

3) MANIPULAÇÃO
Jezabel era manipuladora. Queria que tudo fosse do seu jeito, até seu próprio marido (I Rs 21.25). Por querer controlar tudo ao seu redor, Jezabel também era invejosa. Certa vez armou uma mentira para matar um homem chamado Nabote só porque Acabe queria o seu terreno. Então tirou a via e a propriedade de um homem inocente (I Rs 21.5-15).

Quem manipula pessoas faz coisas terríveis, sendo capaz de tudo para alcançar seus objetivos, como mentira, traição e vingança. Uma pessoa manipuladora mente para conseguir o que deseja, trai ou apunhala outros pelas costas e se vinga de quem não fizer sua vontade.

O espírito de Jezabel entra em muitas igrejas através de pessoas que querem mandar em tudo na congregação. Algumas dessas pessoas já exercem funções de autoridade profissionalmente e refletem isso dentro da igreja, achando que podem dar ordens ao irmão como se fossem um empregado ou subordinado do trabalho.

Contudo ainda existem casos de pessoas que não se realizaram profissionalmente, ou até na família foram dominados, e parecem querer ser alguém dentro da igreja, assumindo funções onde possam sobressair. Igreja não é lugar de maltratar ninguém, mas sim de demonstrar amor e companheirismo.

Se alguém tem um título de poder na sociedade, isso fica do lado de fora, pois dentro da Casa de Deus somos todos irmãos e devemos “servir uns aos outros em amor” (Gl 5.13). Por isso devemos ter cuidado ao colocar na liderança alguém que não trata bem os irmãos. Também é preciso ter cuidado com sistemas políticos e eclesiásticos onde uma pessoa tem poder excessivo na igreja.

4) PERSEGUIÇÃO
Jezabel perseguiu os profetas do Senhor a ponto que muitos tiveram que ser escondidos por um tempo (I Rs 18.4 e 13). Muitos profetas foram mortos por Jezabel e o próprio Elias foi ameaçado por ela (I Rs 19.1,2). Um dos motivos desta perseguição é porque os profetas de Deus falavam a verdade e não o que Jezabel e Acabe queriam ouvir (II Rs 3.13,14). O espírito de Jezabel pode ser percebido em igrejas onde pessoas são perseguidas. Existem comunidades onde tudo já está tão estabilizado que quando um homem ou mulher de Deus propõe mudanças, passa a ser perseguido.

A inveja e briga por poder fazem com que líderes sejam perseguidos nas igrejas. Espiritualmente falando, uma das causas da perseguição é que o líder enfrenta coisas demoníacas e luta contra forças do mal, por isso o inimigo usa pessoas para persegui-lo.

Enfrentar perseguição externa, de pessoas ou situações que vêm de fora da igreja é algo normal. Entretanto, a pior coisa é ser perseguido por irmãos. Esta é uma estratégia do inimigo para enfraquecer a igreja, pois “um reino dividido não subsistirá” (Mt 12.25). Tome cuidado com pessoas que falam mal de outros irmãos ou que perseguem líderes, pois estão sendo usadas pelo espírito de Jezabel.

Aplicação prática: Não tolere perseguição em sua igreja! Livre sua Igreja do espírito de Jezabel!

CONCLUSÃO
O fim da vida de Jezabel foi terrível (II Rs 9.36,37). A personagem do Apocalipse chamada de Jezabel também foi avisada e Jesus lhe deu “tempo para que se arrependesse” (Ap. 2.21), caso contrário sofreria muito ao ponto de ser tratada no leito de enfermidade e seus ‘filhos’ ou seguidores também seriam exterminados (Ap. 2.22,23).

Então, se em sua igreja há este tipo de comportamento, deixe Deus cuidar, pois Ele vai separar o joio do trigo (Mt 13.36-40). Confie na promessa de que “os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos” (Sl 1.5).

Neste estudo nos referimos ao espírito de Jezabel como algo demoníaco que precisa ser expulso e, também, comportamental que precisa ser tratado. Então aconselhamos a não usar isso como expressão de chacota, chamando irmãos ou irmãs de ‘Jezabel’, e nem reprimir estas pessoas, pois fazendo isso, estaria usando suas mesmas estratégias e, portanto, fazendo-se igual. Não queremos o mal para nossos irmãos. Mesmo que estejam sendo usados pelo inimigo, queremos sua libertação.

Mas, caso a pessoa não aceite ser tratada, não há nada que possamos fazer. “Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará” (Pv 9.8).

Para resolver o problema de uma igreja onde está o espírito de Jezabel, é preciso muita oração e jejum (Mt 17.21), mas também devemos acompanhar a pessoa enquanto esta seja tratável, tentando resgatar sua vida através de conselhos e ensinando a Palavra de Deus com amor (I Ts 5.14). Muitas dessas pessoas são apenas religiosos que não tiveram ainda uma verdadeira experiência com Deus e precisam de nós para abençoá-los.

Você é um profeta lutando contra Jezabel? Vença o espírito de Jezabel com oração e amor!

OBS: Para próxima semana, façam um amigo oculto de presentes ou chocolates e uma bela confraternização! Realize a dinâmica indicada.

Autor: Josué Gonçalves e Rev. Welfrany Nolasco Rodrigues
Correção Gramatical: Dc. Samuel Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Dezembro de 2023

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

O que é impossível a todos nós?

O que é impossível a todos nós?

Texto Base: Mateus 19.26 INTRODUÇÃO O homem está disposto, sempre, a vencer seus limites físicos, emocionais e até mesmo os espirituais! O que é impossível para o ser humano, se torna algo desejado e atraente para ser superado e vivenciado. Porém, sem a ajuda de Deus...

Vai abastecer, com o que?

Vai abastecer, com o que?

Texto Base: Mateus 19.26 INTRODUÇÃOO homem está disposto, sempre, a vencer seus limites físicos, emocionais e até mesmo os espirituais! O que é impossível para o ser humano, se torna algo desejado e atraente para ser superado e vivenciado. Porém, sem a ajuda de Deus...

Família Estruturada

Família Estruturada

Texto Base: Mateus 7.24-27 INTRODUÇÃOPodemos entender pelo ensinamento do Senhor Jesus que o homem que edifica a sua casa obedecendo os princípios da Palavra de Deus vai superar qualquer adversidade que possa assolar o seu lar. Pois, a sua família está bem...

1 Comentário

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *