Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Viva o natal! Viva Jesus!

Texto Base: Mateus 1.18-25

INTRODUÇÃO
Os magos não idolatraram a estrela porque ela os levou até Jesus (Mt 2. 2,9-11). O alvo central da adoração era Jesus. Não devemos cometer o pecado de idolatrar a data do Natal nos esquecendo da verdadeira razão que é o nascimento do nosso Senhor e Salvador. Portanto, Viva Jesus!

PROPÓSITO
Motivar os membros da célula a celebrarem o natal no seu verdadeiro sentido, celebrando Jesus.

DESENVOLVIMENTO
1) O NATAL FEZ UMA DIVISÃO NA ETERNIDADE
O nascimento de Jesus mudou toda a estrutura da relação céu-terra. As coisas passaram a ser diferentes de todos os milênios anteriores. O Eterno fez uma divisão na eternidade! Essa mudança cósmica começou há mais de 2.000 anos e o universo nunca mais foi o mesmo. O Messias rompeu as trevas do diabo e fez resplandecer a luz do céu (Mt 4.16). O Natal dividiu o calendário em “antes e depois” de Cristo e retomou a esperança de redenção da própria criação (Rm 8.20-22). Viva o Natal! Viva Jesus!

2) O NATAL FOI PLANEJADO NA ETERNIDADE
O nascimento de Jesus foi prometido por Deus (Gn 3.15). Anunciado pelos profetas e cumprido na plenitude dos tempos (Is 7.14; 9.6-7). O Deus Criador, por opção própria, tornou-se criatura e entrou em nossa história encarnando-se e humilhando-se até a morte de cruz (Fp 2.6-8). Jesus Cristo veio ao mundo não apenas para estar entre nós, mas para ser o nosso substituto. O grande Rei dos reis tornou-se servo, sendo rico fez-se pobre (2 Co 8.9), sendo Santo se fez pecador, sendo autor da vida morreu em nosso lugar. O Natal foi planejado na eternidade (1 Pe 1.18-20). Viva o Natal! Viva Jesus!

3) O NATAL RESTAUROU A NOSSA ETERNIDADE
O nascimento de Jesus nos abriu o caminho de volta para Deus. Jesus é o caminho do céu (Jo 14.6). Nele temos livre acesso ao Pai e podemos entrar confiantemente na presença daquele que está assentado no trono. É por meio de Cristo que somos reconciliados com Deus. É por meio de Jesus que recebemos a vida abundante. É por meio dEle que nos tornamos filhos de Deus e herdeiros de suas promessas (Jo 1.12; Gl 4.7). O Natal restaurou a nossa vida eterna. Viva o Natal! Viva Jesus!

Aplicação Prática: Nas confraternizações com nossos familiares e amigos, separemos um momento para explicar o verdadeiro significado do Natal e orar com eles.

CONCLUSÃO
O Natal é esperança, alegria, vida, sem jamais esquecer de que o foco é Jesus. Viva o autor da vida que morreu a nossa morte para nos dar a vida eterna.

Fonte: www.igrejadoavivamento.com.br
Adaptado: Pr. Luiz Carlos da Costa – CEO / Soledade de Minas – MG
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Dezembro de 2021

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

A Verdade sobre a Mentira na Vida Cristã

A Verdade sobre a Mentira na Vida Cristã

Texto Base: Atos 5.1,11 INTRODUÇÃOA história de Ananias e Safira é um relato impactante sobre as consequências da mentira, especialmente quando relacionada à fidelidade e à entrega a Deus. Este episódio revela a seriedade com que Deus vê a sinceridade e a integridade...

Desafios dos Seguidores Ocasionais

Desafios dos Seguidores Ocasionais

Texto Base: 1 Coríntios 15.19 INTRODUÇÃO No caminho da fé, encontramos diversos níveis de comprometimento entre os seguidores de Cristo. Um grupo particular é o dos seguidores ocasionais, que, apesar de sua aparente proximidade e atividade na igreja, possuem um...

A Eficácia da Oração do Justo

A Eficácia da Oração do Justo

 Texto Base: Tiago 5.16b INTRODUÇÃOAtravés da história de Ezequias, vemos o poder transformador da oração. Diante de uma sentença de morte, Ezequias voltou-se para Deus, demonstrando que a oração sincera e cheia de fé pode mudar situações aparentemente definitivas....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *