Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Você é um verdadeiro cristão?

“Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” At 11.26b

Os discípulos foram chamados cristãos porque se pareciam com Cristo. As próprias pessoas da sociedade rotularam-nos assim.
Que o Espírito Santo possa nos dirigir e abrir nossos olhos para que possamos reconhecer o que é necessário para que sejamos verdadeiramente imagem e semelhança de nosso Senhor Jesus Cristo, pois agora citaremos as características que um verdadeiro cristão precisa ter:

1- Crer em Jesus Cristo
O verdadeiro cristão é aquele que crê que Jesus Cristo é o único Senhor e único salvador da sua vida. Jesus é a manisfestação do amor de Deus para os homens. É o único mediador e o único salvador, conforme At 4.12 e em Jo 3.16-18. Se você é um verdadeiro cristão com certeza tem a sua fé pautada em Jesus Cristo. Diz o apóstolo Paulo em  I Co 3.11 “porque ninguém pode por outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.” Ele é o fundamento da nossa fé e a Ele sejam dados a glória, a honra e o louvor. Só Ele é o Senhor sobre toda a terra e sobre todos os povos. Ele é o alfa e o ômega, o príncipio e o fim…”

2- Ser transformado pelo poder do Evangelho
O verdadeiro cristão é aquele que é transformado radicalmente pelo poder do Evangelho. Se não houver transformação de vida, não existe cristianismo. Em II Co 5.17 está escrito: “assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é … “
Tudo é novo: novo pensar, novo sentir, novo agir, novo procedimento, nova vida. Quando transformado pelo poder do Evangelho, o homem é liberto do poder do pecado como lemos em Jo 8.32 e 8.36. Frequentar uma igreja evangélica, dar o dízimo e ofertar não significa ser cristão. Se a pessoa ainda continua com algumas práticas do mundo é porque ainda não foi totalmente liberto. Pecado é aquilo que escraviza o homem, levando-o para a morte, que lhe destrói o corpo que é templo do Espírito Santo. Ser cristão é ser santo, separado do pecado. É viver em conformidade com a Palavra de Deus. O Evangelho muda, transforma, liberta para o homem ter uma vida melhor. Só quem é verdadeiramente livre pode escolher o melhor. Eu não fumo, não bebo, não pratico imoralidades, não porque alguém me disse que não pode, mas é porque sou livre do poder do pecado. E, como sou livre, posso escolher o melhor.

3- Crer na palavra de Deus
É impossível haver cristianismo real se a pessoa não crê que a Palavra de Deus é única, suficiente e total revelação de Deus para o homem. A Bíblia é o maior mapa arqueológico do mundo. As verdades científicas nela contidas nunca caíram, nem vão cair porque foi Deus quem criou todas as coisas, cada uma, segundo a sua espécie. A prova de que a Bíblia é a Palavra de Deus é que as  inúmeras pessoas que nela creram e aplicaram os ensinamentos, tiveram suas vidas transformadas.

4- Ter praticidade de vida
Evangelho é prática. Essa é uma das diferenças fundamentais que existe entre Evangelho e toda tradição religiosa vivida por muitos. Jesus disse: “nem todo aquele que me diz Senhor, Senhor entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus.” Mt 7.21-27. “aquele que diz que está nEle, também deve andar como Ele andou” I Jo 2.6. Ou seja, deve praticar a vida de Cristo aqui nessa terra a cada dia. Viver o Evangelho é perdoar, é amar, é ter domínio próprio, é crucificar a carne, é carregar a própria cruz, é fazer diferença, é ser criticado porque não se vive na hipocrisia segundo o curso deste mundo, mas prefere e busca a cada dia a santidade em suas vidas.

5- Saber encarar as adversidades
Rm 5.3-5. O verdadeiro cristão não vê as adversidades, as lutas e os problemas da vida como castigo de Deus e sim como uma oportunidade para o seu crescimento. Tomemos o exemplo do apóstolo Paulo sobre a questão da tribulação: II Co 12.7-10, II Co 4.16-18, II Co 11.23-30 , Rm 8.31-37. Depois que conhecemos estes textos nunca mais poderemos dizer que não suportamos tamanhas lutas e sim cresceremos nas adversidades como pessoas e como verdadeiros cristãos.

6- Conhecer o seu Deus
Para ser um verdadeiro cristão é necessário que se conheça o Deus em que confia. Paulo nos mostra em II Tm 1.12 como conhecia Deus profundamente . Ele tinha intimidade com Deus e buscava isso de várias maneiras:
a) Oração – I Ts 5.17- ele só mandava fazer alguma coisa que praticava.
b) Revelação – II Co 12.7-8 – à medida que Deus vê alguém buscando sua presença, Ele se revela e mostra coisas tremendas.
c) Estudo da Palavra – II Tm 4.13 – através dela que conhecemos o nosso Deus e com isso não nos deixamos enganar por falsos profetas.
Ter vida cristã é saber quem é Deus, é conhecer o seu Deus por uma experiência própria e não pela experiência dos outros; é enxergar a Deus e não somente conhecê-lo de ouvir falar.
Vamos conhecer e prosseguir em conhecer o Senhor para termos uma fé alicerçada e não ser enganado.

 7- Ter vida firme e duradoura
A vida do verdadeiro cristão é firme e duradoura, ou seja, estável. Existem muitos crentes que em um momento estão lá em cima, em outro estão lá embaixo; um dia muito santos, outro dia profanos. Um dia estão alegres na igreja, no outro lá fora sem limites. O grande segredo para se ter uma vida firme e duradoura está na base sobre a qual ela foi construída: Ef 3.17-19, I Co 3.11 e I Pe 2.6. Jesus Cristo é a principal pedra, é a base, o fundamento. Em cima disso se pode construir um edifício seguro. O problema de muitos cristãos é que a base é como poeira, é frágil e quando o primeiro vento passa, tudo fica destruído. Ex.: muitos têm a base de sua vida fundamentada no Pastor. O Pastor cai e ele também cai. Qual é o fundamento da sua fé? Qual é a base da sua vida cristã? Se Jesus Cristo for o fundamento da vida do cristão, ele pode até se surpreender mas não se deixa levar… Pode cair pastor, cantor, irmã santa… Mas ele permanece firme pois sabe em quem tem crido, sua fé não está em pessoas. Temos que amar e respeitar cada pastor, irmão e todos nossos semelhantes, mas nossos olhos têm que estar em Jesus, que é superior a tudo e a todos, Ele é o único fundamento da igreja e a razão e da vida cristã.

 8- Ter vida flexível e progressiva
Flexível é algo que pode ser moldado, que se pode mudar. A vida do verdadeiro cristão é flexível e duradoura por 3 motivos:

a) Santificação:
Santificação não é um estado final e sim um processo (Hb 12.14) .
Tem que seguir, não é uma coisa única.  II Co 3.18
“Mas a vereda do justo é como a luz da aurora, que vai brilhando até ser dia perfeito” (Pv 4.18). Brilha hoje, brilha mais amanhã, brilha mais na outra semana, mais ainda no ano que vem…
Ser santo é estar cada vez mais longe do pecado e cada vez mais perto de Deus. Esta é a razão de ser maleável e progressiva. Precisamos viver cada vez mais longe da nossa natureza pecaminosa e cada vez mais andar em Espírito Rm 8.6-14. O andar em Espírito é buscar as coisas de Deus, é deixar o Espírito Santo dirigir nossa vida, é dar prioridade às coisas de Deus.

b) Conhecimento:
Existem muitas pessoas que não mudam, que não querem se adaptar às mudanças. Não se pode ficar parado e preso a um estágio. Os 6.3, I Co 14.20, I Co 13.11-12. Há crentes na igreja com 10, 15 e até 20 anos de convertidos que não sabem nada de Bíblia, não crescem, estão parados, não conhecem as doutrina fundamentais. Não se pode dar razão da fé se não sabem coisa alguma I Pe 3.15-16.

c) Vontade de Deus
Paulo queria pregar na Frígia e na Galácia, mas o Espírito Santo o impediu. Ele foi a Mísia e intentava ir para Bitínia, o Espírito Santo novamente o impediu. À noite ele teve uma visão: “passa a Macedônia e ajuda-nos”. Paulo teve que mudar toda a sua rota para poder atender a visão que Deus lhe dera. É a vida cristã flexível e progressiva, por causa da vontade de Deus. Precisamos estar dispostos para nos submetermos à sua vontade.

9- Ser vitorioso mesmo na adversidade Jo 16.33, Mt 28.20, I Co 15.57
Cremos que Jesus venceu o mundo e está comigo enquanto eu viver. Portanto eu venço mesmo na adversidade. Rm 8.31-39. A adversidade pode produzir tristeza, mas sabemos que vamos vencer porque Jesus está conosco. Somos vitoriosos porque nossa fé está alicerçada em Deus, o Deus soberano, tremendo, grandioso, incomparável, maravilhoso. Nós cremos e podemos dizer: Deus está comigo. I Jo 5.4

10- Ser um transformador inconformado
Rm 12.2- não se conformar com este mundo, é o mesmo que não tomar a sua forma. Mundo significa o sistema dirigido e dominado pelo diabo, é o sistema onde o pecado impera. O verdadeiro cristão é luz, ele tem que brilhar onde chega e onde pisa… Quer mudar, não aceita a situação, não se adapta ao pecado e à imoralidade. Ele conhece e sabe que Deus pode mudar a vida de qualquer pessoa.

11- Saber viver em qualquer situação:
É o que diz o ap. Paulo em Fp 4.12-13. Seja pobre ou rico, empregado ou desempregado, continua fiel ao Senhor, não perde a cabeça e nem o equilíbrio emocional. Ele sempre tem uma palavra quando tudo vai bem e também quando está meio ruim. Dê graças a Deus por tudo: pelo seu emprego, seu alimento, sua casa… Aprenda a viver conforme Deus permite que você viva. Isso não significa que você não deve lutar para crescer, mas sim que sabe viver conforme o que Deus tem permitido no momento. O verdadeiro cristão não encara a adversidade, a luta, a tribulação como castigo ou maldição, mas como uma oportunidade que Deus dá para seu próprio crescimento.

 12- Ter vida abundante:
Vida abundante é uma vida cheia de alegria, paz, esperança, independente do momento em que vive. O verdadeiro cristão interfere nas circuntâncias da vida. Ele até fica triste, mas não vive triste. Ele tem uma alegria produzida pelo Espirito Santo. Pode haver tribulação, mas há satisfação de vida. Jo 10.10. Paulo e Silas tiveram suas roupas rasgadas em praça pública, apanharam sem merecer e foram colocados em cárcere inferior, mas: “e, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.” At 16.25.

 13- Produzir frutos
O verdadeiro cristão é conhecido pelos frutos, porque Jesus ensinou isso. Mt 7.16-20.é pelos frutos que se conhece a árvore e não pelos dons espirituais. Alguns pensam que um cristão poderoso é aquele que profetiza, que fala em línguas, que opera milagres, entre outros dons do Espírito. Todo dom perfeito vem do alto e é o Senhor que distribui como quer, mas o fruto é cada um que produz. Dom é de Deus para o homem, enquanto o fruto é do homem para Deus.

14- Ter vida exemplar
A nossa vida é espelho, é exemplo. Estão olhando para você e para mim. O que temos ensinado? O que temos falado? O que temos doado? Temos sido um exemplo de cidadão?

 15- Ter vida voltada para o futuro Rm 8.18, I Co 15.19, II Co 4.16-18
Muitos hoje se voltam para Deus a fim de que Ele os encha de bens materiais, buscando satisfazer a natureza humana. Jesus pode até fazer isso, mas esta não é a essência do Evangelho. Nós cremos na eternidade, no dia em que o Senhor enxugará dos nossos olhos toda lágrima, onde não haverá mais dor. De eternidade em eternidade, pelos séculos dos séculos, estaremos para sempre com o Senhor. Aleluia!!! Vida cristã é voltada para o futuro.
A qualquer hora vai soar a trombeta e seremos arrebatados… E esta é a maior esperança do cristão: ver Jesus como ele é!!! Conhecer Aquele que nos amou, que venceu a morte e o inferno por mim e por você, que está assentado num alto e sublime trono, vestido de linho branco, puro e fino e que tem escrito na sua coxa “Rei dos reis e Senhor dos senhores!!!” A nossa esperança é futura e sempre estaremos com nosso Senhor!!! Maranata! Ora vem Senhor Jesus!!!

Compilado por: Dcª Michele – CEO / Carmo de Minas – www.ministerioceo.com.br
Fonte: Livro “Você é Um Verdadeiro Cristão?” – Pr. Silas Malafaia
Correção Gramatical: Mtª Magdala Lemos
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Março de 2012

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

A Verdade sobre a Mentira na Vida Cristã

A Verdade sobre a Mentira na Vida Cristã

Texto Base: Atos 5.1,11 INTRODUÇÃOA história de Ananias e Safira é um relato impactante sobre as consequências da mentira, especialmente quando relacionada à fidelidade e à entrega a Deus. Este episódio revela a seriedade com que Deus vê a sinceridade e a integridade...

Desafios dos Seguidores Ocasionais

Desafios dos Seguidores Ocasionais

Texto Base: 1 Coríntios 15.19 INTRODUÇÃO No caminho da fé, encontramos diversos níveis de comprometimento entre os seguidores de Cristo. Um grupo particular é o dos seguidores ocasionais, que, apesar de sua aparente proximidade e atividade na igreja, possuem um...

A Eficácia da Oração do Justo

A Eficácia da Oração do Justo

 Texto Base: Tiago 5.16b INTRODUÇÃOAtravés da história de Ezequias, vemos o poder transformador da oração. Diante de uma sentença de morte, Ezequias voltou-se para Deus, demonstrando que a oração sincera e cheia de fé pode mudar situações aparentemente definitivas....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *