Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Restauração da Unidade da Família

Texto Base: Lucas 1.17

INTRODUÇÃO
O versículo base fala de reconciliação entre pais e filhos rebeldes como a condição para a preparação de um povo dedicado ao Senhor. Deus, o Pai celestial, quer restaurar os relacionamentos familiares e trazer cura para as famílias, pois, casa dividida não pode subsistir (Lc 11.17).

PROPÓSITO
Incentivar a restauração de relacionamentos familiares que estão rompidos.

DESENVOLVIMENTO
EXEMPLOS BÍBLICOS QUE MOSTRAM A RECONCILIAÇÃO DE LAÇOS FAMILIARES

1) Gênesis 27.41; 33.4: O comportamento de Jacó produziu ódio no coração do seu irmão Esaú.  Como consequência viveram separados por cerca de vinte anos guardando ressentimento em seus corações.

Graças a Deus se reconciliaram! Porém, vale destacar os esforços de Jacó para se reconciliar com seu irmão: enviou mensageiros a sua frente para conversarem com ele (Gn 32.3), orou pedindo o auxílio de Deus (Gn 32.9-12), preparou um presente para ganhar o seu coração (Gn 32.13) e demostrou humildade quando o reencontrou (Gn 33.3).

O abraço da reconciliação entre eles é a imagem do que o Senhor quer produzir nos lares onde há desavenças entre irmãos (Gn 33.4).

2) Gênesis 37.2-5,23-28; 45.3-4: Os irmãos de José nutriram contra ele sentimentos de inveja e ódio, ao ponto de desejarem sua morte e o venderem como escravo aos mercadores midianitas.

Anos depois se reencontraram e se reconciliaram. Mas, é importante enfatizar que José decidiu não se vingar dos seus irmãos (Gn 45.5; Rm 12.19). Ele decidiu perdoar (Mt 18.21-22), decidiu restaurar o relacionamento (Ef 4.26-27) e decidiu ser bênção na vida dos seus irmãos (Rm 12.17-21).

Ele se tornou um bom exemplo de como devemos agir com um irmão que pode nos ofender.

3) Lucas 15.11-24: Nessa história vemos o filho que desonrou o pai saindo de casa e perdendo os bens da família.

A reconciliação veio após o arrependimento com a mudança de pensamento do jovem em relação à casa de seu pai e da disposição do pai em receber o filho de braços abertos, demonstrando que o amor está disposto a perdoar muitos pecados (1 Pe 4.8).

São atitudes que devem ser cultivadas nos lares antes mesmo de acontecer as desavenças entre pais e filhos. Quando pais e filhos se desentendem toda família sofre.

APLICAÇÃO PRÁTICA
Na restauração dos vínculos rompidos em nosso lar devemos orar pedindo a ajuda de Deus, devemos reconhecer a nossa culpa e pedir perdão a quem ofendemos, e, devemos perdoar a quem nos ofendeu.

CONCLUSÃO
O Salmo 133 revela que o Pai do céu tem prazer em contemplar a unidade da família e abençoar seus filhos com toda sorte de bênçãos.

Autor: Pr. Luiz Carlos da Costa – CEO/Soledade de Minas
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Maio de 2024

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Vai abastecer, com o que?

Vai abastecer, com o que?

Texto Base: Mateus 19.26 INTRODUÇÃOO homem está disposto, sempre, a vencer seus limites físicos, emocionais e até mesmo os espirituais! O que é impossível para o ser humano, se torna algo desejado e atraente para ser superado e vivenciado. Porém, sem a ajuda de Deus...

Família Estruturada

Família Estruturada

Texto Base: Mateus 7.24-27 INTRODUÇÃOPodemos entender pelo ensinamento do Senhor Jesus que o homem que edifica a sua casa obedecendo os princípios da Palavra de Deus vai superar qualquer adversidade que possa assolar o seu lar. Pois, a sua família está bem...

O Milagre na Família

O Milagre na Família

Texto Base: João 2.1-11 INTRODUÇÃODeus está interessado em agir na família antes mesmo de fazer qualquer milagre de cura, libertação ou qualquer outra intervenção miraculosa. Pois, a família tem prioridade no plano divino. Não foi criada para o fracasso....

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *