Mudança Pós Crise Mundial: Nova Atitude Espiritual – Ministério CEO

Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

Q

Mudança Pós Crise Mundial: Nova Atitude Espiritual

Texto Base: Gênesis 6.17-18

INTRODUÇÃO
O dilúvio que aconteceu nos dias de Noé é um exemplo na história de uma crise de proporção mundial que obrigou a humanidade a desenvolver um novo estilo de vida.

PROPÓSITO
Conscientizar que, após o término da crise, será preciso adotar um novo estilo de vida que sirva e honre mais a Deus.

DESENVOLVIMENTO
1– UMA GERAÇÃO QUE AMAVA OS PRAZERES E BUSCAVA O CONFORTO SEM DEUS (Mt 24.38-39)
A indiferença para os assuntos espirituais que caracterizou o mundo nos dias de Noé contribuiu para um estilo de vida pecaminoso e materialista. Isso deu ocasião à grande ruína daquele tempo. Quando lemos as palavras de Jesus sobre esses dias (Mt 24.38-39), somos informados que a população que habitava a terra era preocupada apenas com comidas, bebidas e os prazeres da carne. Então veio o dilúvio como um grande juízo sobre a humanidade e todos pereceram com exceção de Noé e sua família, que amavam a Deus (Gn 6.17).
2– UM NOVO TEMPO PARA VIVER EM ALIANÇA COM DEUS (Gn 6.18; 9.9-17)
Quando Noé e a sua família saíram da arca, o mundo estava configurado para que os homens pudessem viver um novo tempo onde Deus estivesse no seu devido lugar: o primeiro lugar! Logo fizeram um altar para celebrarem ao Senhor que dá a vida e também a sustenta (Gn 8.18-22).
Somos também uma geração que precisa recolocar Deus em Seu lugar de direito, ou seja, o primeiro de tudo! Que Ele seja o primeiro! Deixá-Lo em segundo plano em nossas vidas é buscar o fracasso e a ruína eterna. A atual crise que assola o mundo é um tipo de dilúvio que tem feito a humanidade sem Deus naufragar. O homem sem Deus está submerso nas águas da incerteza, da aflição e do medo. Porém podemos renovar a nossa aliança com o Senhor e inaugurar um novo ciclo da vida com grandes bênçãos em aliança com o Senhor.
Aplicação Prática e Conclusão: O Senhor Jesus disse que devemos buscar o Reino de Deus e a Sua justiça em primeiro lugar, porém, cada vez mais há um grande desinteresse pelos assuntos espirituais. Nossa prioridade tem sido desenvolver ministérios que sirvam a igreja de Jesus e, por meio deles, evangelizar o mundo?

CONCLUSÃO
Qual será a nossa postura espiritual quando a crise passar? A história de Noé é um exemplo de como uma geração pode ser surpreendida por uma tragédia e ficar arruinada. Mas a história também oferece uma reflexão: o propósito do Senhor ao permitir que o mundo seja abalado por crises é que os homens O busquem e O adorem (Is 55.6). Então, vamos renovar a nossa aliança com Deus?

Autor: Pr. Luiz Carlos da Costa – CEO / São Lourenço – MG
Correção Gramatical: Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral: Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Julho de 2020

[su_note note_color=”#fff369″] Receba nossos estudos em seu e-mail, cadastre-se abaixo:

[wysija_form id=”2″]

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Deus diante das Enfermidades

Deus diante das Enfermidades

Texto Base: Êxodo 15.26 (NTLH) INTRODUÇÃOA doença é uma consequência da desobediência de Adão no Jardim do Éden, e impõe sofrimento para a humanidade. É importante destacar, de antemão, que é prudente procurar os recursos médicos disponíveis, sempre que necessário,...

Vamos Exaltar o Nosso Deus

Vamos Exaltar o Nosso Deus

Texto Base: Êxodo 15.1 (NTLH) INTRODUÇÃOA Bíblia afirma que os céus declaram a glória do Senhor e o firmamento proclama a obra das suas mãos (Sl 19.1-2). Se a natureza, sem palavras, glorifica a Deus, é de se esperar que o homem, coroa da criação divina, o exalte...

Deus governa sobre o caos

Deus governa sobre o caos

Texto Base: Gênesis 45.5 (NTLH) INTRODUÇÃO A injustiça dos irmãos de José foi parte de um processo em sua vida para o cumprimento do propósito divino. Deus usa toda situação para o cumprimento do seu plano. Agora mesmo toda injustiça contra nós pode ser usada para um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *